Durante 5 anos (entre 1990 e 1995), a Mississampa tocou na noite paulistana, com um repertório que incluia clássicos de Robert Johnson, BB king, Billie Holiday, T-Bone Walker além de composições próprias. O fato curioso era a formação: minha mãe era vocalista e tocava guitarra, meu irmão, piano, gaita e voz, e eu, guitarra, violão e voz. esse “fato” gerou entrevista com a Mama e canja no programa do Jô.

Em 1993, após entrevista com a minha mãe (Marina Teixeira de Mello), Participamos da famosa “canja” do Jô, tocando Kansas City. Minha mãe no vocal, meu irmão – e também produtor deste site – Rogério no piano, eu no violão slide, Cazé no Baixo e Galo na Bateria.